10 Anos de Celebration Day, O Maior Show do Led Zeppelin

29 maio 2017 | POR: Fernando Estrela | Comentários

Não é muito comum um concerto virar filme, mas não para o Led Zeppelin, que no dia 10 de Dezembro de 2007, em homenagem ao executivo Ahmet Ertegun, fundador da Atlantic Records, fez um dos maiores shows da história da banda, mostrando que ainda estão com energia dos bons e velhos tempos.

                        

Para quem viu essa obra de arte, sabe exatamente do que estou falando. Robert Plant mostrou que a voz inconfundível ainda tinha fôlego. Jimmy Page e John Paul Jones ainda “brincam” com os instrumentos com maestria e Jason Bonham, filho do lendário baterista John Bonham, consagrou que o sangue tem muito talento.

Gravado na O2 Arena, em Londres, com um total de 16 câmeras e um telão de LED interativo (diga-se de passagem, um dos melhores) e direção de Dick Carruthers, o show contou com as seguintes músicas:

  •  “Good Times Bad Times” (John Bonham, John Paul Jones, e Jimmy Page
  • “Ramble On” (Page e Robert Plant)
  • “Black Dog” (Jones, Page, e Plant)
  • “In My Time of Dying” (Bonham, Jones, Page, e Plant)
  • “For Your Life” (Page e Plant)
  • “Trampled Under Foot” (Jones, Page, e Plant)
  • “Nobody’s Fault but Mine” (Page e Plant)
  • “No Quarter” (Jones, Page, e Plant)
  • “Since I’ve Been Loving You” (Jones, Page, e Plant)
  • “Dazed and Confused” (Page; inspirado por Jake Holmes)
  • “Stairway to Heaven” (Page e Plant)
  • “The Song Remains the Same” (Page e Plant)
  • “Misty Mountain Hop” (Jones, Page, e Plant)
  • “Kashmir” (Bonham, Page, e Plant)
  • “Whole Lotta Love” (Bonham, Willie Dixon, Jones, Page e Plant)
  • “Rock and Roll” (Bonham, Jones, Page, e Plant)

Destaque para as icônicas (se não as melhores) Kashmir, In My Time Of Dying e Stairway To Heaven. Tudo bem que Immigrant Song cairia perfeitamente, mas tudo que é bom demais estraga, não é mesmo?

Em entrevista ao jornal Telegraph, Jimmy Page informou que a banda ainda não acabou, mas no sentido de que novos fãs sempre surgem. Ficamos na expectativa de que uma nova turnê seja anunciada, por mais que Robert Plant tenha recusado uma há alguns anos.